domingo, 30 de agosto de 2009

Quero falar contigo hoje

As pequenas coisas fazem-me feliz. Uma coisa acertou-me algures no meio dos olhos.

Estou aqui a dormitar, sei que não me posso queixar. Eu quero falar contigo hoje. Até o dia nascer, até te ouvir adormecer.

Queria pegar na guitarra, e cantar-te algo, bem baixinho, com a minha voz de cana rachada. A minha voz má, rouca, desafinada, que tu tanto gostas. Cantar aquelas coisas que ficam perfeitas na minha voz.

Só que por vezes sinto-me aterrado, encalhado, e como se mal soubesse o teu nome. Mas eu quero falar-te hoje. Mesmo se estiver sentado sozinho, longe de casa, a passar fome. Usar o meu último recurso uma vez mais só para ver a tua cara. Vender a alma a terceira vez para te fazer sorrir mais uma vez.

As pequenas coisas fazem-me feliz. Os teus sonhos são feitos de limonada de morango e algodão doce, e eu asseguro-me que tu comes hoje. Tu levas-me a passear até ao sítio onde brincaste quando eras pequena. Nunca te direi que nunca te farei chorar, mas não sei porque magoa tanto quando o faço.

Quero falar contigo hoje...


...acerca da forma como salvaste a minha vida.

1 comentário:

Sarinha disse...

Espero que tenhas consigo falar... tanto e tão bem quanto escreveste! ;)
Beijinhos